Atenção!, comunicado de utilidade pública!

Fiscais da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) encontraram rastros de roedores em cinco produtos feitos de tomate de diferentes marcas.
Isto levou a agência a emitir um comunicado proibindo o comércio de quatro lotes de molho e um de extrato de tomate por conterem pelo de roedor em limite acima do tolerado. Naturalmente os fabricantes deverão recolher os estoques do mercado.
Se seu produto estiver com um dos lotes abaixo devolva e exija seu dinheiro de volta.

  1. Extrato de tomate da Amorita – Lote: L076 M2P Validade: 01/04/2017
  2. Extrato de tomate da Aro – Lote: 002 M2P Validade: 05/2017
  3. Extrato de tomate da Elefante – Lote: 032502 Validade: 18/08/2017
  4. Extrato de tomate da Predilecta – Lote: 213 23IE Validade: 03/2017
  5. Molho de tomate tradicional da Pomarola – Lote: 030903 Validade: 31/08/2017

Pois é, infelizmente, a ANVISA tolera um fragmento de pêlo de rato em 100g de produtos derivados do tomate; em canela em pó, 1 em 50g; e em chocolate e produtos achocolatados, 1 em 100g.

 

Fonte: VEJA.